Alessandro Mendes Cardoso comenta com a CONJUR as estimativas econômicas na arrecadação da União após a decisão do STF de retirar o ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins

09 jun.2021

Nosso sócio Alessandro Mendes Cardoso conversou com a Revista Consultor Jurídico (ConJur) sobre as estimativas feitas por economistas para o impacto que a arrecadação da União deve sofrer com a decisão do STF de que o ICMS não faz parte da base de cálculo do PIS e da Cofins desde 15 de março de 2017. Dessa forma, os valores pagos a partir dessa data, até o dia do julgamento, devem ser restituídos ao contribuinte.

Na reportagem, Alessandro destacou que, especialmente no atual momento econômico, a recuperação dos valores indevidamente recolhidos de PIS e COFINS dará um importante fôlego para inúmeras empresas.

 

Confira a matéria completa:  https://www.conjur.com.br/2021-jun-04/fimde-calculo-impacto-decisao-stf-enganoso-dizem-advogados